Terça, 19 de Janeiro de 2021 01:46
011993991484
Famosos Confira:

Pandemia força reinvenção: Sertanejos comemoram conquistas de 2020

Luiz Henrique e Léo, Vitor e Cadu, Fabrício e Henrique, Davi e Thiago, João Gustavo e Murilo e Allana Macedo contam como driblaram a crise na classe artística e se reinventaram em tempos de covid-19

20/12/2020 22h30 Atualizada há 4 semanas
Por: Fabiana Bertoreal Fonte: Assessoria de comunicação
Montagem: Axé Pop
Montagem: Axé Pop

Com o aumento da epidemia do coronavírus pelo mundo, o mercado da música sofreu um dos golpes mais duros de sua história com cancelamentos de eventos e fechamentos de locais públicos. E o que fazer quando seu trabalho é a música? Quando você vive disso e somente disso para o sustento? A partir daí que começaram os processos de reinvenção no período de isolamento.

A coluna, entrevistou os sertanejos: Luiz Henrique e Léo, Vitor e Cadu, Fabrício e Henrique, Davi e Thiago, João Gustavo e Murilo e Allana Macedo para contar como driblaram a crise na classe artística e se reinventaram em tempos de covid-19.

Uma das duplas que se destacaram no cenário sertanejo foi Luiz Henrique e Léo. Os amigos de Birigui, já com 10 anos e carreira, lançaram em 2020 o EP “Fogueira”, que já beira os 2 milhões de plays nas plataformas de áudio e vídeo. Também alcançaram números expressivos com os singles “Bem te Vi” (+2m de plays) e “Amores Rasos” (+15m de plays), que é um feat com a dupla Henrique e Diego.

Luiz Henrique e Léo também tiveram que se reinventar e entraram na onda das várias lives, que arrecadaram milhares de reais, alimentos e EPIs para instituições de todo o Oeste e Noroeste Paulista.

“Foi um ano de reinvenção, um ano difícil, mas conseguimos superar parte dessas barreiras. A gente tinha a gravação de um DVD programada para esse ano, mas por causa da pandemia o projeto acabou virando um audiovisual intimista, que é o Fogueira, que superou as nossas expectativas, só temos que agradecer por tudo”, contam.

Mesmo com as expectativas baixas do mercado para o cenário sertanejo, e principalmente para os artistas que estavam em expansão, a dupla Vitor e Cadu tiveram bons números nas plataformas digitais. Devido ao grande sucesso, eles decidiram agradecer aos fãs que estão cada vez mais presentes com a primeira parte do DVD “Case” – gravado de forma intimista durante a pandemia.

Os sertanejos, também realizaram a primeira live no mês de março: “Nossa primeira live aconteceu no dia 20 de março. Na época não tinha nem nome, ainda. Chamamos de ‘show online’ e teve a duração de uma hora e meia. Foi a primeira sexta-feira após ser decretado o isolamento no país e nossa ideia era só levar entretenimento para o público mesmo", fala Vitor, da dupla Vitor e Cadu.

Davi e Thiago, que se uniram neste ano e começaram uma história em meio ao caos do mundo, também viveram dias inesquecíveis. Podemos afirmar que os irmãos iniciaram a carreira com o “pé direito”, gravando o primeiro DVD da trajetória com participações de Matheus e Kauan e Wesley Safadão, consagrados artistas da atualidade.

“Para todas as classes, 2020 foi um ciclo doloroso e que exigiu de nós esforços extras. Precisamos de novas ideias, de nos reinventarmos a todo tempo. Eu e meu irmão nos unimos para iniciarmos uma carreira e fomos surpreendidos, só podemos agradecer, em pouco tempo já são tantas conquistas. Gratidão é a palavra”, assegura Davi.

Já Fabrício e Henrique divulgaram “Pra Quê Namorar”, parceria com Maiara e Maraísa que já ultrapassa a marca de 1 milhão de acessos no YouTube, comprovando o reconhecimento dos seguidores e a ascensão dos goianos.

Felizes com o crescimento do single, eles comemoram mais um sucesso. “São muitos cantores, muitos lançamentos, muitas pessoas ligadas nas redes, uma conquista como essa representa pra nós uma vitória, afinal, 'Pra Quê Namorar?' transmite uma mensagem, é uma canção em defesa das mulheres, que por conta do isolamento social, sofrem, ainda mais, com o abuso moral e físico”, afirma Fabrício.

Por sua vez, “Lençol Dobrado”, grande sucesso da dupla João Gustavo e Murilo, continua em todas as paradas, abrindo caminho para os novos hits dos meninos, que foram lançados durante a pandemia. Desde março já são dois singles, “Cancela Esse Cara” e “Crédito”, músicas que estão conquistando o público, sem contar os shows virtuais que marcaram a web pela simpatia e solidariedade.

Traduzindo em números: 2650 máscaras, mais de 40 empresas contribuintes e 14 toneladas de alimentos arrecadados. Satisfeitos e com coração transbordando felicidade, os meninos comemoraram. “Acredito que utilizarmos do nosso dom para praticarmos o bem é uma dádiva. Tudo foi feito com muito carinho esse ano, arrisco dizer, que de forma diferente. Cada acorde, tom, preenche o peito e traz esperança e porque não usarmos da música para ajudar? Seja lançando sucessos, promovendo lives, neste momento, tudo é válido”, finaliza João Gustavo.

Allana Macedo, considerada a nova “Rainha da Sofrência”, também não têm do que reclamar. Em pouco tempo de estrada, são mais de 25 milhões de acessos em seu canal no YouTube, mais de 1 milhão de seguidores no Facebook e no Instagram, quase 130 mil seguidores. A cada dia que passa, seu espaço torna-se mais consolidado, se destacando em cenário nacional em 2020, ao lado de nomes renomados como Naiara Azevedo, com quem gravou “Barzin da Vida”, música que se encontra na boca do povo.

“A gente sentiu a necessidade de apresentar um novo trabalho. Inicialmente gravaríamos apenas uma música com a participação da Naiara Azevedo, mas foram aparecendo outras músicas e o DVD ganhou forma. Sou muito grata por tudo que vivi em 2020, sinto que cresci muito, diante o cenário, como mulher, cantora e profissional”, comenta Allana.

Agora os músicos e os fãs estão na expectativa de novidades para 2021 e o retorno das atividades normais de toda a classe artística. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Cápsula Sertaneja
Sobre Cápsula Sertaneja
Mundo da Música Sertaneja no Brasil
SP - CENTRO - SP
Atualizado às 01h33 - Fonte: Climatempo
27°
Pancada de chuva

Mín. 23° Máx. 27°

28° Sensação
6.5 km/h Vento
65.2% Umidade do ar
90% (16mm) Chance de chuva
Amanhã (20/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 28°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quinta (21/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 28°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.