Quarta, 03 de Março de 2021
011993991484
Música Lançamento:

Música inédita de Vander Lee "A vida não são flores" tem lançamento digital em 03 de março

A canção inédita "A vida não são flores", de Vander Lee será lançada em 3 de março de 2021, quando o cantor e compositor completaria 55 anos. A família escolheu a data para abrir o arquivo de inéditas e, aos poucos, trazer à tona letras, poesias, imagens que integram o rico acervo de sua vida musical.

15/02/2021 19h08
Por: Redação Fonte: Assessoria de Comunicação.
Reprodução / Imprensa.- Miguel Aun
Reprodução / Imprensa.- Miguel Aun

O mineiro Vander Lee, que faleceu em 5 de agosto de 2016, deixou um legado musical extenso, além de uma legião de fãs apaixonados por seus versos sensíveis, românticos e  bem-humorados. Em estúdio profissional ou caseiro, o músico tinha o costume de registrar suas canções no formato voz e violão, organizando assim a sua produção musical. A vida não são flores, composta entre 2000/2001, que agora terá seu lançamento ao público é um desses registros que permaneceram guardados ao longo desses anos.

A base do single é a voz e o violão de Vander Lee, com intervenções na gravação original. A produção musical da faixa é de Felipe Fantoni, a mixagem de Walter Costa, masterização de Leonardo Nakabayashi (Shina). Éneias Xavier, produtor dos dois últimos álbuns de Vander Lee, assina o arranjo de cordas e gravou piano elétrico e teclados; Felipe Fantoni fez o baixo e programações; Richard Neves  mellotron e teclado e Helton Lima, bateria.

A vida não são flores será lançada em todas as plataformas e sai acompanhada de um lyric vídeo, criação e animação de Guili Seara, a partir de manuscrito original da letra, fotos, colagens e imagens de arquivo.

A iniciativa de lançar o single é da cantora e compositora Regina Souza, que administra o Acervo Vander Lee e a Balaio Produções (produtora e selo criados pelo artista), juntamente com os filhos do compositor, Lucas Catarina, Laura Catarina e Clara Catarina.

A produção conta ainda com a parceria da cantora e produtora Rossana Decelso (selo Backing Stars), empresária de Vander Lee em seus 4 últimos anos de vida e que além de amiga e conselheira ao longo de sua carreira, foi responsável por apresentar seu trabalho para Elza Soares, que viria a se tornar madrinha musical do artista.

Regina e Rossana trabalharam juntas no lançamento do DVD e CD póstumo Vander Lee 20 Anos, e agora repetem a parceria na produção e lançamento do novo single. As duas também estão produzindo um tributo com 12 canções de Vander Lee, interpretadas por Chico César, Maurício Tizumba, Paulinho Moska e Zeca Baleiro, artistas que participaram do show de lançamento póstumo do DVD 20 anos, apresentado em Belo Horizonte e São Paulo entre 2017 e 2018. O disco terá uma faixa bônus com participação de Marcos Catarina, cantor e compositor, irmão de Vander Lee.

Outros dois projetos irão somar-se às comemorações dos 55 anos de Vander Lee: o álbum Canta Vander Lee da cantora e compositora Laura Catarina, interpretando canções do pai, com produção da própria artista, e um concerto da Orquestra Ouro Preto, interpretando o álbum “No balanço do balaio”, o segundo disco de carreira de Vander Lee, na íntegra, com direção do maestro Rodrigo Toffolo e participações de Laura Catarina e Marcos Catarina.

 

Sobre Vander Lee

 Compositor dos mais inspirados, Vander Lee criou uma obra importante para a música brasileira. Chamado carinhosamente de "poeta" por seus fãs, em referência a uma de suas mais belas canções, Alma nua, o artista ficou conhecido por seu repertório de baladas como Esperando Aviões, Onde Deus Possa me Ouvir e Românticos, sambas bem-humorados como Galo e Cruzeiro, A baiana cover e canções que retratam a alma e o povo brasileiro como Do Brasil e Estrela. Com seu olhar poético e original, transformou o cotidiano em melodias que entraram para a história da música brasileira.

Teve canções gravadas por muitos artistas como Alcione, Ana Vilela, Ariane Villa Lobos, Bárbara Bacellos, César Menotti e Fabiano, Chico Lobo, Daniela Mercury, Dudu Nicácio, Elba Ramalho, Eliana Printes, Elza Soares, Fábio Júnior, Fábio Souza, Flávio Venturini, Gal Costa, Ivânia Catarina, Laura Catarina, Leila Pinheiro, Lokua Kanza, Luiza Possi, Lula Ribeiro e Fernanda Takai, Marcos Catarina, Margareth Menezes, Maria Bethânia, Maria Eugênia, Mariene de Castro, Myllena, Patrícia Ahmaral, Paula Santoro, Regina Souza, Renato Motha e Patrícia Lobato, Rita Beneditto, Rodrigo Borges e Mart’nália, Rossana Decelso, Selmma Carvalho, Vanusa e Zeca Baleiro.

Iniciou sua carreira em 1984, aos 18 anos, tocando em bares na Belo Horizonte natal. Aos poucos introduziu um repertório autoral, apresentando-se pelos teatros da cidade e interior, até que, em 1996, ganhou o segundo lugar no festival Canta Minas, realizado pela Rede Globo Minas, com a música Gente não é cor. Esse foi o impulso necessário para que gravasse seu primeiro CD Vanderly, independente. Só a partir do segundo CD é que passou a assinar Vander Lee. Em 1998 a cantora Elza Soares conheceu o compositor através da amiga Rossana Decelso. A partir daí, Elza virou sua “madrinha”, incluindo a música Subindo a Ladeira (parceria com Rossana) em seu repertório, o que o levou a participar de shows em São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador.

O segundo CD, No Balanço do Balaio, primeiro a sair por gravadora (Kuarup, 1999), com arranjos e produção do próprio artista e Mario de Aratanha, revelou ao mercado a essência de suas composições, o violão original e o intérprete sensível. O CD o projetou nacionalmente com a canção Românticos, que ficou por 8 meses entre as mais pedidas da rádio MPB FM, no Rio de Janeiro. Trouxe participações do seu pai José Delfino, de Maurício Tizumba, Tambolelê, Raquel Coutinho e de Rildo Hora, com o solo de gaita em Românticos.

Em 2003, lançou o CD Ao Vivo, pela Indie Records (por onde lançaria mais dois discos), gravado no Teatro Francisco Nunes em Belo Horizonte, com participação de Elza Soares, e trouxe canções como Onde Deus Possa me Ouvir e Esperando Aviões. O disco foi um sucesso, ganhou as rádios e o levou a circular mais pelo país.

Em Naquele verbo agora (2005), Vander Lee dividiu a produção com Chico Amaral, mostrando um lado mais romântico e levemente pop. O disco recebeu indicação ao "Prêmio Tim de Música”, como Melhor Disco e Melhor Cantor na categoria Canção Popular, com destaque para sucessos como Iluminado e Meu jardim, e contou com a participação de sua irmã, a cantora Ivânia Catarina.

O DVD Vander Lee Acústico Entre foi um projeto especial gravado no dia 3 de março de 2006, com produção de Ivan Caiafa, direção de Daniel Veloso e Eduardo Zunza e direção de Vander Lee. Contou com a participação especial de Maurício Tizumba, Regina Souza, Chico Amaral e Renato Motha.


Em 2006 lançou o CD e DVD Pensei que fosse o Céu, gravado no Teatro do Palácio das Artes, em Belo Horizonte, em um show emocionante que contou com a participação do maranhense Zeca Baleiro. Foi produzido por Ruben di Souza, e conquistou o Prêmio TIM de Melhor Disco de Canção Popular.

Com levada mais pop, o CD Faro, produzido por Marcelo Sussekind foi lançado em 2009 (Deck) revelando as baladas Farol e Eu e ela, e contou com a participação de Lokua Kanza, expoente da música africana, do rapper Flávio Renegado e de Regina Souza.

Em 2012, lança Sambarroco, produzido por Thiago Delegado, em que assume seu lado mais sambista sem perder de vista o romantismo, marca registrada de seu trabalho. O CD trouxe sua interpretação de Estrela, lançada anteriormente por Maria Bethânia, participação de Regina Souza e As Formosas (Babaya, Lu e Celinha Braga)

Em 2014, lançou o CD Loa, com arranjos e produção de Robertinho Brant, o oitavo disco de carreira, inaugurando o próprio selo, Balaio (distribuição Radar Records). Mais sereno e reflexivo, "um trabalho leve, uma ode ao mundo dos que não têm pressa”, em suas próprias palavras. O álbum contou com a participação de Ivânia Catarina e da filha Laura Catarina.

No final de 2015, lançou o que seria seu último disco, Vander Lee, produção que dividiu com Enéias Xavier a partir da ideia de sua então empresária, Rossana Decelso, de gravar em estúdio os seus principais hits que, até ali, só tinham registro ao vivo; além de canções que foram sucesso nas vozes de outros intérpretes e algumas inéditas, uma seleção especial para os fãs.

O DVD e CD Vander Lee 20 anos, gravado no Espaço Tom Jobim (RJ) em parceria com o Canal Brasil e direção musical de Enéias Xavier, teve lançamento póstumo. Celebrando seus 20 anos de carreira, o compositor interpretou seus principais sucessos em novos arranjos e recebeu Mariene de Castro e Laura Catarina, em participações.

Em tempo: Vander Lee é pai de Lucas Catarina, de 29 anos,  Laura Catarina, de 26, filhos do seu primeiro casamento com Regina Machado, e de Clara Catarina, de 18 anos, filha de seu segundo casamento com Regina Souza.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
SP - CENTRO - SP
Atualizado às 21h20 - Fonte: Climatempo
22°
Poucas nuvens

Mín. 21° Máx. 30°

22° Sensação
18 km/h Vento
65.2% Umidade do ar
90% (10mm) Chance de chuva
Amanhã (04/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 28°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Sexta (05/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 26°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.