Terça, 13 de Abril de 2021
011993991484
Lançamentos Lançamento:

Duda Raupp apresenta o EP “Giro”

O trabalho instrumental sai no dia 31/03 e é um convite do beatmaker para um rolê sonoro.

01/04/2021 18h11 Atualizada há 2 semanas
Por: Miquel Souzza Fonte: Assessoria de Comunicação.
Reprodução / Imprensa.
Reprodução / Imprensa.

Produtor musical, beatmaker e multi-instrumentista, Duda Raupp faz sua estreia solo com o EP Giro. Buscando na memória seus passeios de bicicleta pela cidade, antes da pandemia, o artista resolveu lançar em formato instrumental três faixas que representam esses momentos.
 

“O que me move são duas coisas: fazer música e relembrar bons momentos. O EP ‘Giro’ surgiu da junção dos dois”, explica o artista.
 

O EP tem a mistura de influências do Neo Soul, R&B e Hip Hop instrumental. Cada música acompanha o passar do dia, começando com “Bom Dia” que mostra a partida de Duda para seu rolê, passando por ruas e parques. “CB”, já está no começo da noite, quando o artista sai do parque e encontra seus amigxs na Cidade Baixa - bairro bem conhecido pelo seu aspecto jovial de Porto Alegre (RS) - o som tem uma pegada mais dançante representando a festa, a terceira e última faixa “Sereno” é o caminho de volta para casa durante a madrugada.
 

Esse EP é uma parceria com a produtora Foco na Missão. A composição, produção musical, mixagem e masterização foi realizada por Duda Raupp e a ilustração da capa assinada por Júlia Girardi.

Duda Raupp
De Porto Alegre (RS), Duda Raupp, pseudônimo de Eduardo Raupp,é beatmaker, produtor musical e multi-instrumentista. Suas principais influências são uma mistura de Neo Soul, R&B e Hip Hop, mas também estuda ritmos tradicionais brasileiros e outras vertentes.
 
Seu contato com a música começou aos 8 anos quando fez aulas de violão e em momentos com a família quando se divertiam cantando no karaokê. Aos poucos percebeu que cantar e tocar era uma paixão.  
 
No ano de 2017, decidiu seguir carreira e entrou para o curso de Música Popular da UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Os próximos passos foram participar de projetos musicais autorais da cidade, com os quais se apresentou em algumas das principais casas locais como: Agulha, Sala Álvaro Moreyra, Espaço Cultural 512; E nos festivais: Virada Sustentável, Ceva no Total e Morrostock, em Santa Maria (RS).

Em 2020, Duda usou o isolamento social para dedicar todo o seu tempo para a produção musical. Começando a idealizar o seu projeto solo e a produzir outros artistas. Fez colaborações nos singles “Abri o pote, era sorvete” e “Café e um do bom” do produtor Dawmata e lançou três remixes de Jéssica Berdet, “Sorri I”, “Singular I” e “Me Deduz l

Neste ano, Duda Raupp prepara o lançamento do seu primeiro EP solo, intitulado Giro, para o dia 31/03 numa parceria com a Foco Na Missão.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.