Terça, 13 de Abril de 2021
011993991484
Lançamentos Lançamento:

Jovem Dex lança segundo DROP do projeto "É o Trap Memo?!" com clipe temático da faixa "Rambo"

DROP 2 traz ainda as canções "Tropa do D!" e "Flow L.G."

03/04/2021 15h16
Por: Miquel Souzza Fonte: Assessoria de Comunicação.
Reprodução / Imprensa.
Reprodução / Imprensa.

Depois de movimentar a cena com o lançamento do bem-sucedido DROP 1 do álbum visual “É o Trap Memo?!”, que acumula mais de 10 milhões de plays nas plataformas de áudio e no YouTube em apenas 3 semanas, Jovem Dex revela mais um DROP de seu novo trabalho, trazendo as canções inéditas “Rambo”, com beat produzido por prodbymaff,  “Tropa do D!” e “Flow L.G”.

 

Em mais uma demonstração característica de seu Trap único, o talentoso cantor, compositor e produtor baiano de 19 anos entrega três produções de alto nível no lançamento que chegou às plataformas digitais de áudio às 21h , junto com os visualizers no YouTube, e terá o cinematográfico clipe da faixa “Rambo” disponível às 12h.

 

Com direção de Sandiego Fernandes, o clipe temático de “Rambo” traz Jovem Dex em cenas de guerrilha, com direito a performances, roupas camufladas, conflitos, explosões e efeitos de impacto, gravados em um cenário de paintball no Rio de Janeiro. As luzes, os ângulos e os cortes de câmera dão o tom da produção.

 

“O clipe de ´Rambo´ é guerrilha. O beat e a música já remetem a isso, ao Rambo, guerra, tiro, bomba. Foi da hora. Fomos para o Rio de Janeiro gravar, com os moleques da blakkstar, equipe do Sandiego. Conheci os caras, que estão participando do clipe. Foi engraçado, a gente se divertiu bastante, fomos pro paintball gravar. Foi também muito cansativo, porque o Sol estava rachando e usamos fogos de artifício, bombas, corremos, rastejamos no chão. O bagulho foi doido, mas muito gratificante. Depois, quando a gente viu o resultado, bateu muito certo”, adianta Jovem Dex.

 

 

E continua, sobre os frutos que tem colhido com o projeto: “A repercussão que o projeto vem tendo, junto com o DROP1... só agradecer. Todo mundo fazendo a dancinha de ´Tapa´, compartilhando. A gente bateu um milhão em todas as faixas em menos de uma semana, ´Tapa´ fez em menos de um dia. Muito da hora. Fico feliz de ver a repercussão da galera com o DROP 1 e isso porque nem saiu o álbum inteiro. Gratidão demais. Se segurem, que a colisão vai ser forte com o DROP 2 o com os dois que virão depois. Então, sentem, coloquem os cintos e capacetes, porque vai vir uma pedrada atrás da outra”.

 

Um dos nomes de maior destaque na cena Trap nacional, Jovem Dex apresentou, no último dia 11, o primeiro DROP de seu aguardado projeto de estreia, o álbum audiovisual “É o Trap Memo?!”. O artista deu início ao trabalho com as três canções inéditas, “Tapa” – que estreou com um conceitual clipe, “Obama” e “Yakuza”. Além do vídeo oficial da faixa foco do DROP 1, ele também disponibilizou os visualizers – vídeos curtos feitos para o YouTube – das outras duas canções. Destaque para as capas do projeto, que são assinadas por Pedro Conti, que já trabalhou no clipe de “Smile”, da cantora Katy Perry.

 

“É o Trap Memo” será dividido em quatro DROPs, onde três deles terão três canções e um, quatro faixas, totalizando 13 músicas. O trabalho terá sua narrativa completa ao longo dos próximos meses.

 

“O Trap entrou na minha vida desde que eu comecei a respirar. Eu acredito que, por ser preto, nasci predestinado a fazer isso e aí nunca mais saiu” – Jovem Dex.

 

 

Sobre:

 

Com apenas 19 anos, Jovem Dex é cantor, compositor e produtor de enorme talento, sendo o precursor do Trap na Bahia. Natural de Feira de Santana, iniciou sua carreira, aos 17 anos, com músicas gravadas pelo celular, que chamaram a atenção da Hash Produções, com quem firmou parceria em 2018. Seu primeiro single, “NAV”, deste mesmo ano, combinou referências da cultura nordestina com o Trap, acumulando números de respeito – hoje, a canção alcança incríveis 120 milhões de plays.

 

Ainda em 2018, lançou, em parceria com Dimme, do Sincronia Primordial, e Zetrê, a música “Elamesh”, além dos singles “Al Capone” e “Flexin”, que foi um projeto social em formato de clipe para as crianças de Ipuaçu, distrito de Feira de Santana. Ainda no primeiro ano de carreira, iniciou shows pelo país, lotando casas e conquistando fãs. Mais hits vieram em 2019, com os lançamentos de “Money”, “Drop”, “Clima Quente”, “Tipo Uma Glock” e “Porsche”, que reforçaram sua identidade e diversidade num trapstyle futurista.

 

Hoje, o artista acumula mais de 450 milhões de streams de áudio e vídeo nas plataformas digitais, 266 milhões de views só no YouTube, 1.2 milhão de ouvintes mensais no Spotify, e mais de 1.1 milhão de seguidores nas redes sociais. Com um estilo musical único, Jovem Dex assinou com a Sony Music para o lançamento de seu primeiro álbum, “É o Trap Memo?!”.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.