Sábado, 12 de Junho de 2021
011993991484
Novidades Novidades:

Lurdez da Luz faz collab com DJ gringo em nova música

Disponível em todas as plataformas digitais

06/06/2021 22h48
Por: Miquel Souzza Fonte: Assessoria de Comunicação.
Reprodução / Imprensa.
Reprodução / Imprensa.

O projeto Another Music, do DJ americano Thomas Arndt, convidou Lurdez da Luz para unir o maracatu com o eletrônico, e assim surgiu “Um Maracatu Desse”. O single antecipa o EP com remixes de artistas como DJ FlavYa, Odara Kadiegi, Luana Flores, Furmigadub e Tayhana, que será lançado no fim de junho como parte de uma Festa de São João virtual. A voz de Lurdez convida a descer até o chão bailando no maracatu, confiando que tudo vai melhorar, o governo querendo ou não. “Esse maracatu liberta”, diz.

 

“A gente queria conectar essa música com a situação política, mas não de uma forma polêmica. Mais de uma forma de amor pro povo, amor pelo Brasil que luta, celebrando a cultura que este governo não aguenta. Eu tive essa ideia de trocadilho com desse/desce e a Lurdez levou pra outro nível.”, elogia Thomas Arndt, do Another Magic.

 

A colaboração da Lurdez da Luz com o Another Magic traz algo diferente do que a artista faz há 20 anos, porém conectado com uma das principais características de sua arte: mixar o mais profundo do Brasil com tudo que se absorve do resto do mundo.

 

“Não conhecia o Thomas pessoalmente, isso tem rolado na pandemia, pessoas incríveis que parecem tão próximas e você não conhece presencialmente mas conhece pela internet. Ele curtia meu trabalho me convidou e super aceitei. A inspiração maior para a letra foram meus carnavais em Olinda, veio dessas memórias. Dos encontros pelas ladeiras, fantasias e romances.”, conta Lurdez da Luz.

 

A união de sons tipicamente brasileiros e da música eletrônica aparece na obra do Another Magic também no single “Coco da Purpurina”, lançado no Carnaval deste ano em colaboração com a Ana Bispo. De acordo com Thomas, do Another Magic, o single “Um Maracatu Desse” é uma forma de mostrar que é preciso ser criativo e fazer arte da rua e pro povo.

 

Essa faixa tem base de maracatu, misturado com grave e a Lurdez da Luz. Sou muito fã dela há muitos anos e tem sido SUPER legal trabalhar com ela. A Lurdez é muito simpática e ela estava empolgada com cada passo do processo. A gente trocou muitas ideias sobre a música e as letras. Tô muito feliz por poder seguir experimentando com a percussão brasileira e conectando com mais artistas do Brasil. Também estou feliz em trabalhar com dois artistas da Paraíba, Luana Flores e Furmigadub, com a DJ Flavya de novo, com a incrível DJ Odara e com Tayhana de CDMX. E a maioria das artistas envolvidas, como sempre, são mulheres.”, alegra-se Thomas.

 

O projeto Another Magic consiste em experimentação sonora e criatividade. Criado por Thomas Arndt, o produtor transforma itens achados em seu quintal em instrumentos de percussão. Desde 2017, o americano conecta sua música com a latinidade ao explorar instrumentos percussivos e grooves sônicos 3D.

 

O EP com os remixes contará com uma festa de lançamento no dia 26/06 (sábado), às 18h, na Rádio Cafuné, onde entre os convidades estará Lurdez da Luz, os DJ’s que participarão do EP de remixes, e Ana Bispo.  Será realizada arrecadação de fundos para uma ONG em Olinda (PE). O grupo é Coletivo Mulher Vida, que desde 1991 empodera mulheres para o enfrentamento das violências doméstica, sexual e sexista. A Rádio Cafuné é um veículo colaborativo, auto-produzido, independente e feminista, que toca sets de DJs 24h por dia, todos os dias da semana, onde todos podem tocar.

 

O single “Um Maracatu Desse” é uma produção de Thomas Arndt (Another Magic), com letra e voz de Lurdez da Luz, e saxofone de Adrienne Kerr. A mixagem foi feita por Onus Lumens, com masterização de Rachel Field (Resonant Mastering). A capa do single é obra da artista Isabela Piña Colada.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.