Segunda, 29 de Novembro de 2021
30°

Pancada de chuva

SP - CENTRO - SP

Dólar
R$ 5,61
Euro
R$ 6,32
Peso Arg.
R$ 0,06
Música Novidades:

Bule vai do synth pop ao brega romântico pernambucano em 'Desagradar'

Novo single da banda pernambucana de série que resultará em um EP

19/11/2021 às 06h31
Por: Miquel Souzza Fonte: Assessoria de Comunicação.
Compartilhe:
Reprodução / Imprensa. - Marcos Hermes
Reprodução / Imprensa. - Marcos Hermes

Com riffs e baixo sintetizado, percussões que remetem ao brega romântico pernambucano e as influências das guitarras que vão de Passo Torto a Daft Punk, a banda de pop psicodélico Bule usa leve tom irônico para falar e refletir sobre o ato e sentimento de desagradar.

Tão certo como a morte é o fato de que não podemos agradar todo mundo. Vamos desagradar. Não tem pra onde. Inevitavelmente, vamos decepcionar até as pessoas que mais amamos. Mas, durante a vida, podemos lidar com isso de diferentes maneiras. Fugindo. Mentindo para nós mesmos, nos iludindo, achando que estamos bem com isso.

"Ou finalmente podemos encarar a realidade: desagradar faz parte da nossa essência como seres humanos", contextualiza o Bule, banda que nasceu em 2017, em Recife, e vem se firmando como expoente do synth pop brasileiro.

Para a quarteto, formada por Pedro Lião (voz, guitarra, sintetizadores), Carlos Filizola (guitarra, sintetizadores, programações), Daniel Ribeiro (percussão, programações), Bernardo Coimbra (contrabaixo, sintetizador) e Kildare Nascimento (bateria), desagradar é quase como respirar.

"Às vezes tentamos moldar nossos discursos para satisfazer as opiniões alheias, chegando ao ponto de que não conseguimos dizer mais quase nada. Não conseguimos convencer ninguém das nossas ideias. Nem a nós mesmos. Precisamos normalizar o desagrado", crava o Bule.

'Desagradar' flui sob um sutil tom irônico na letra, entre versos sarcasticamente rebuscados e embolados com expressões elegantes no intuito de esvaziar o significado dos discursos, em contraponto aos refrões diretos e com repetições de frases.

"Eu vou desagradar. Assumimos o compromisso. Agora estamos livres", fala a banda com ironia, mas nem tanto.

Para esta faixa, revela a banda, a fim de curiosidade, a grande referência sonora foi o primeiro disco de Madonna, sobretudo nos hits Borderline e Holiday, posteriormente diluídos no caldeirão musical do Bule, entre timbres, sonoridades e substâncias do eletrônico, beats, conga, synth e guitarra.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
SP - CENTRO - SP Atualizado às 15h06 - Fonte: ClimaTempo
30°
Pancada de chuva

Mín. 21° Máx. 31°

Ter 24°C 21°C
Qua 22°C 19°C
Qui 23°C 18°C
Sex 24°C 17°C
Sáb 19°C 14°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes